Se escolher um curso para estudar não é algo muito fácil para algumas pessoas, quem dirá escolher uma boa universidade? Para ajudar aos estudantes, foram listadas as melhores universidades com as melhores notas, de acordo com o MEC.

Volta e meia, o MEC lança uma listagem com nome de algumas universidades, no qual os alunos se saíram bem nas provas. Essa lista não é criada de maneira aleatória, muito pelo contrário.

De cada curso selecionado, escolhe-se alguns alunos para realizar uma prova de conhecimentos referente ao próprio curso. Ao final, soma-se o valor das notas e ai sai o resultado. Mas existem outros fatores consideráveis para a finalização dessas notas.

Vamos entender nesse texto como essa avaliação é feita e porque é importante escolher um curso credenciado pelo MEC.

Porque estudar numa universidade bem avaliada pelo MEC?

O sonho de muitos estudantes é passar no vestibular de alguma universidade pública. Isso é motivo de orgulho tanto para eles quanto para os pais, que geralmente investem tempo e dinheiro na educação dos seus filhos, desde pequenos.

No entanto, como saber qual a melhor instituição para estudar? E como saber se ela é reconhecida e vale realmente à pena?

Das muitas universidades que existem no Brasil, somente algumas possuem boas referências do MEC. As que foram reprovadas sofrem alguns tipos de punição como “castigo”.

Por exemplo, pode-se impedir a construção de novos campi, a abertura de cursos novos e a redução de vagas em determinados cursos. Em casos extremos, pode-se haver a suspensão de vestibulares.

Por esse motivo, escolha bem onde você deseja fazer seu curso de graduação ou pós graduação. Escolhe sempre universidades que tem esse credenciamento e sinta-se mais seguro e confiante em se tornar um profissional de sucesso.

Pesquise bastante antes de fazer o vestibular. Pode parecer que não, mas escolher estudar numa universidade que é bem falada traz um peso enorme para o seu currículo.

O mercado de trabalho também costuma reconhecer a sua universidade. Geralmente pessoas que estudaram em universidades públicas reconhecidas saem em destaque em comparação com quem estudou em outros locais.

Como acontece essa avaliação?

Inicialmente, o Ministério da Educação faz uso do índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição para dar uma nota à cada uma das universidades. Essa nota varia de 1 a 5 e pode determinar qual a melhor e a pior universidade. Quem realiza essa avaliação é o INEP, órgão ligado ao Ministério da Educação. Leva-se em consideração:

● A qualidade dos cursos, observados nos últimos três anos;
● O desempenho dos cursos de pós-graduação, seja mestrado lato sensu, stricto
sensu ou doutorado;
● Quantidade de alunos alocados entre os cursos.

Melhores universidades segundo o MEC

Segundo o MEC, o primeiro nome citado nessa lista de universidades é a FGV EPGE. A escola Brasileira de Economia e Finanças aparece na lista de centros universitários, enquanto o ITA é considera a melhor universidade pública.

Outras questões são avaliadas também. Por exemplo, o corpo docente, o regime de trabalho dos professores, a quantidade de mestres e doutores e a imagem que os alunos têm da instituição podem fazer a diferença no momento de dar a nota.